JPL-JORNAL---OFICIAL-

quinta-feira 11, abril, 2024 - 9:01

Coisa Nossa

Pontos Cintilantes

“Pontos Cintilantes” é uma obra que tem como pano de fundo o mágico espetáculo cele

image_printImprimir

Pontos Cintilantes

No cenário literário, às vezes somos surpreendidos por joias raras, capazes de encantar e emocionar. “Pontos Cintilantes” é um poema encantador que vem à luz da inspiração de uma jovem promissora, uma menina de apenas 11 anos, que atualmente cursa o sexto ano do Ensino Fundamental no Colégio Shallon, em Goiânia. Com um talento precoce e uma sensibilidade aguçada, essa jovem autora presenteia-nos com sua primeira incursão no mundo da poesia, revelando uma perspectiva lírica e encantadora.

“Pontos Cintilantes” é uma obra que tem como pano de fundo o mágico espetáculo celeste que se desenrola durante uma viagem em família. Inspirada por suas observações noturnas do céu estrelado, a autora mergulha em um universo de reflexões e sensações que transbordam em versos líricos. Através de metáforas delicadas e imagens poéticas, ela nos transporta para o imenso firmamento, onde cada estrela se torna um ponto cintilante carregado de significado.

Esse poema, além de encantar pela sua simplicidade e sinceridade, nos convida a contemplar a beleza do mundo à nossa volta, despertando em nós a curiosidade e a conexão com o infinito. Os versos fluem suavemente, como rios de emoções, revelando a alma sensível dessa jovem Gabriela Guidi que, mesmo tão jovem, nos brinda com uma poesia que transcende a idade e resplandece com uma beleza única.

“Pontos Cintilantes” é, portanto, uma obra que nos recorda a importância de preservar a capacidade de maravilhar-se, mesmo nas coisas mais simples da vida. É um convite a enxergar a poesia em cada olhar curioso, em cada viagem de descobertas e em cada brilho do céu noturno. Essa jovem autora promete um futuro brilhante na literatura e, através de sua poesia, toca os corações dos leitores, independentemente de sua idade.  Confira abaixo o texto de autoria da Gabriela Guidi Borges.

Pontos Cintilantes

Por. Gabriela Guidi

Pontos Cintilantes Web art 

 

Algo tão simples um belo item
Ver as luzes no céu é interminável
Porque é subestimado, tempo de dez
vira um, apenas por olhar no céu

A imagem virou uma foto
Como posso descrever em um papel
É tinta, e um abraço, é um ponto,
Sem ideias, mas a lâmpada está aberta

Dia, noite me iluminam de várias formas
Todas contém um ponto, e um brilho
Ao vê-las, lembro de coisas simples
Começo a trilhar um claro sentimento

A vida como um sim, fora da caixa
Uma bela pérola que se destaca,
Não algo famoso, mas um reconhecimento amoroso
Mesmo morta, a beleza não vai embora

Enquanto o amanhecer ainda vai chegar
Enquanto espero ainda as estrelas se acabarem
Não precisa do que perdeu se desculpar
Pois nisso vou refletir e caminhar

One Reply to “Pontos Cintilantes”

  • Cristiane

    Poetisa, luz viva expressando arte de qualidade. Parabéns! Magnífico poema!